O Projeto

Inaiê, Janaína, Odoyá, Yemanjá, Nossa Senhora da Conceição. Muitos são os nomes da Rainha do Mar. Joseane, Vitória, Sebastiana, Tereza. Também são muitos os nomes das Sereias da Penha, artesãs da Comunidade da Penha, em João Pessoa, cidade onde o sol nasce primeiro. O vento soprou em meus ouvidos o chamado do seu canto, e fez com que meu destino fosse ao encontro das lindas, fortes, habilidosas e encantadoras Sereias.

Financiado e coordenado pelo IFPB – Instituto Federal de Educação da Paraíba, Prefeitura Municipal de João Pessoa e Sebrae-PB, e junto às artesãs, nasceu o projeto Sereias da Penha, uma série de oficinas e capacitação focadas na aculturação do design e busca de excelência no manejo de escamas de peixe e conchas de mariscos, antes descartadas. O resultado foi a coles de biojoias que recebe o nome do projeto, é uma homenagem às mãos que as criaram, “Sereias da Penha”.

Reconhecida como um dos amálgamas da cultura brasileira, a Paraíba é um estado onde a arte do feito à mão carrega a mágica da poesia, a alegria da música e a força da literatura. E esta vocação foi a fonte de inspiração de todo o projeto. Crochetadas e tricotadas em linha de pesca, cobre, fios de inox, ouro e prata, escamas de Camurupim foram transformadas  em texturas e formas para jóias das Sereias. Ao todo, 43 artesãs foram beneficiadas por esta ação de estímulo e aprendizagem de um ofício, geração de renda, apropriação cultural, e o mais importante, a autoestima de sereias da vida real.

Com muito amor.

Ronaldo Fraga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s